segunda-feira, 27 de outubro de 2014

EBD Editora Betel - Mefibosete e o Milagre da Restituição e da Honra

Assembleia de Deus CONAMAD
Lição 05 – 02 de novembro de 2014
Revistaebd Revista escola bíblica dominical editora betel conamad Passagem bíblica trecho bíblico bíblia como estudar teologia bíblia escola dominical escola dominical betel escola biblica betel escola bíblica betel escola dominical conamad auxilio professor ajuda professor subsídio professor auxílio professor subsidio comentario ebd comentário bíblico ebd professor mestre comentário biblico escola dominical comentario biblico escola bíblica comentario bíblico pregação pregador palestra estudo bíblico bíblico
Texto Áureo

“E Jônatas, filho de Saul, tinha um filho aleijado de ambos os pés; era da idade de cinco anos quando as novas de Saul e Jônatas vieram de Jizreel, e sua ama o tomou, e fugiu; e sucedeu que, apressando-se ela a fugir, ele caiu, e ficou coxo; e o seu nome era Mefibosete” II Sm 4:4

Verdade Aplicada

A Graça Divina não mira nossos defeitos nem tampouco nossas impossibilidades, ela não pede nenhum outro esforço que não seja a fé para que a aceitemos em nossas vidas.

Objetivos da Lição

Esclarecer que Mefibosete era o filho de um rei que vivia no anonimato;
Destacar o poder da graça divina quando existe uma aliança feita por Ele;
Ensinar que Mefibosete tipifica uma geração que Deus deseja honrar em nossos dias.

Textos de Referência

II Sm 9:6, 10-12


Introdução

A história de Mefibosete traz um misto de fracasso e de sucesso. Ele era o filho de Jonatas, o amigo de Davi. Jonatas era um homem sábio, que viu em Davi a unção de rei, sabia que seu próprio pai estava reprovado por suas ações e vida de desonra a Deus, e mesmo sendo o sucessor ao trono, renunciou porque via em seu amigo o homem escolhido para liderar os exércitos e a nação de Israel (I Sm 18:3-4).

Em elaboração


1. Mefibosete, o filho de Jonatas

Antes da morte de Saul, Jonatas e Davi firmaram um pacto entre famílias. Jonatas o protegia das loucuras de seu pai Saul e se um dia ainda vivesse, Davi tornando-se rei cuidaria dele e de seus descendentes (I Sm 20:13-17).

Em elaboração

1.1 Um trágico acidente

Existem momentos em nossas vidas que tudo parece piorar. Pois, tentando salvar o menino, a mulher piorou sua situação. Existem certos tipos de ajuda na hora da aflição que somete pioram aquilo que já está ruim. Devemos ter o cuidado com alguns tipos de boas intenções, é bom sempre discernir o que está a nossa volta. Nesse caso, ele tinha apenas cinco anos, era imaturo, e não podia agir por si mesmo.

Em elaboração

1.2 Mefibosete, o príncipe que vivia em Lo-Debar

Em elaboração

1.3 Toda promessa tem um tempo para se cumprir

Quem era Ziba afinal? Ziba era o homem que passou a cuidar dos bens de Mefibosete e se apropriou de tudo o que possuía. Ziba sabia que o retorno de Mefibosete seria o final de seu império e o princípio de seu retorno a servidão. Por isso, faz questão de frisar para Davi que Mefibosete era coxo, e como tal, ele sequer poderia entrar no palácio.

Em elaboração


2. Do deserto à mesa do rei

Existem pessoas que são mal intencionadas. Ziba não nega a existência, mas faz questão de apresentar o defeito, ele sabia que uma pessoa deficiente não poderia entrar no palácio, só não sabia que aquele estava marcado com o selo real e com o pacto da promessa. Na verdade, não importava o que Ziba via, mas o que o rei estava vendo.

Em elaboração

2.1 Quando a surpresa bate à porta

A quem diga que o Deserto é terrível e doloroso. Todavia, o deserto é lugar de grandes manifestações e milagres também. Deserto não é moradia, é lugar de passagem, e o tempo de seguir adiante na vida de Mefibosete estava apenas começando. A partir dali, ele comeria de contínuo à mesa do Rei (II Sm 9:13).

Em elaboração

2.2 Quando a visão do rei prevalece

Em elaboração

2.3 Os humilhados serão exaltados

Um dia como outro qualquer trouxe a Mefibosete o cumprimento de uma promessa a seu respeito. Que possamos descansar no Senhor porque ele é justo e o que foi prometido a cada um de nós, não tardará, chegará no tempo certo (Hc 2:1-3).

Em elaboração


3. Jerusalém o lugar dos príncipes de Deus

A vida de Mefibosete vai de um extremo ao outro, ele começa no deserto, na sequidão, e no anonimato, e termina no palácio real assentado à mesa do rei. A graça Divina é assim, ela tem o poder de nos transportar e nos elevar de uma posição a outra (Ef 2:6).

Em elaboração

3.1 Quem Mefibosete tipifica em nossos dias?

Mefibosete representa os filhos do Rei que serão restituídos. Ziba teve que devolver tudo: tudo o que trabalhou, plantou, e tudo o que colheu; representa aqueles que saem do nada, e mesmo não sendo dignos, se sentam à mesa do Rei.

Em elaboração

3.2 Na mesa do rei todos são iguais

Em elaboração

3.3 Ele começou em Lo-Debar, terminou em Jerusalém

Em elaboração


Conclusão

Mefibosete era um filho de rei que vivia num lugar obscuro, com medo e sem nada. É tempo dos filhos do Rei saírem do deserto do anonimato, serem honrados, e terem suas vidas transformadas. Até mesmo a criação espera por esse momento em nossas vidas (Rm 8:19).


Fontes:

Bíblia Sagrada ARC/ARA/ACF/TB/BV/RV/NTLH

Milagres do Antigo Testamento (revista EBD professor) – Editora Betel – 4º Trimestre 2014 – Lição 05

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Colabore conosco: escreva seus pontos de vista, opiniões ou críticas. Contamos contigo neste trabalho