quarta-feira, 15 de julho de 2015

EBD Editora Betel - O Milagre Produzido por um Toque Especial



Assembleia de Deus CONAMAD
Lição 02 – 12 de julho 2015
Revistaebd Revista escola bíblica dominical editora betel conamad Passagem bíblica trecho bíblico bíblia como estudar teologia bíblia escola dominical escola dominical betel escola biblica betel escola bíblica betel escola dominical conamad auxilio professor ajuda professor subsídio professor auxílio professor subsidio comentario ebd comentário bíblico ebd professor mestre comentário biblico escola dominical comentario biblico escola bíblica comentario bíblico pregação pregador palestra estudo bíblico bíblico
Texto Áureo

 “Ora, a fé é o firme fundamento das coisas que se esperam e a prova das coisas que se não veem” Hb 11:1

Verdade Aplicada

A Fé é o único elo capaz de trazer à terra o desenho que está projetado nos Céus. Sem ela é impossível ver e conquistar as coisas espirituais que estão ao nosso dispor.

Objetivos da Lição

Ensinar que a perseverança e a determinação são fatores essenciais para o milagre.
Mostrar os benefícios recebidos tanto no corpo quanto na alma da mulher do fluxo de sangue.
Ensinar que o toque especial dessa mulher redundou em benefícios que foram além de suas expectativas.

Textos de Referência.

Mc 5:25-30


Introdução

Nesta lição, estudaremos a vida de uma mulher sofrida, que empobreceu por gastar todo o seu dinheiro em busca da cura de sua enfermidade. Uma mulher sem paz que, ouvindo falar de Jesus Cristo, resolve ir ao seu encontro.


1. De mim saiu virtude

Em meio à multidão, uma mulher anônima, doente, falida, mas desejosa por ser curada, rompe o silêncio de Jesus que, ao ser tocado, tenta buscá-la entre o povo, dizendo: “(...) de mim saiu virtude” (Lc 8:46). Aos pés de Jesus, ela encontrou a tão sonhada resposta que procurava e que a Medicina lhe havia negado.

1.1 Uma mulher sem recursos

Durante longo doze anos, essa mulher buscou incessantemente uma solução para sua hemorragia. A medicina e a ciência de sua época não puderam curá-la e, dia a dia, sua situação se tornava ainda mais desesperadora (Mc 5:25 e  26). Ela chegou ao final de si mesma e de todos os recursos humanos. Todavia, quando alçou o fundo do poço, uma fagulha de esperança irradiou sua alma. Ela decidiu olhar para os céus e determinou em seu coração que se tocasse em Jesus ficaria sã (Mc 5:27 e 28).
Explique para os alunos que existem ocasiões em que o Senhor nos introduz em processos dolorosos e angustiosos. Reforce que a finalidade desses processos é que esvaziemos e cheguemos ao fim de nossos recursos humanos e naturais. Em outras palavras, é como se o Senhor colocasse uma espada em nosso peito e nos encurralasse contra a parede para que lhe entreguemos alguma área de nossas vidas que nunca antes estivemos dispostos a entregar-lhe. Isto não consiste em uma chantagem, e sim, num ato de misericórdia, que transcende a compreensão humana e cujo único propósito está em nos aproximar de Sua pessoa.

1.2 Uma triste enfermidade

Essa mulher sofria de uma hemorragia aparentemente incurável e que lentamente destruía sua vida. Sobre ela se abatia uma pressão emocional que consumia suas forças dia após dia. Além de suas muitas decepções com os médicos e a pobreza que lhe sobreveio, havia ainda outro fardo sobre ela, pois, de acordo com a Lei, ela se encontrava cerimonialmente impura, o que limitava grandemente sua vida religiosa e social (Lv 15:19-33). A enfermidade dessa mulher lhe sugou as forças, lhe consumiu todas as suas finanças e lhe privou do direito de adorar ao Senhor. Vendo que nada mais dava certo, ela recorreu a Jesus e nele encontrou cura, alívio, paz e salvação (Mc 5:28 e 29).
Ensine para os alunos que, no tempo de Jesus, a maioria dos estudos médicos voltava-se para o corpo do homem, de modo que um médico não se tornara somente inacessível pela questão financeira, mas pela própria cultura local. Com exceção de suas esposas, os médicos eram impedidos de tocar outras mulheres, fator que possivelmente agravou ainda mais os problemas dessa mulher. Diga-lhes que essa mulher não deixou que nada impedisse de chegar até Jesus. Ela poderia ter pensado não ser correto procurar Jesus como último recurso. Mesmo assim, ela deixou de lado todos os argumentos e desculpas. Ela rompeu as barreiras pela fé.

1.3 Um toque especial

Em meio à multidão somente uma pessoa se destacou. Aquela sofrida mulher, com muita perseverança e determinação, resolveu chegar diante de jesus acreditando que um milagre iria acontecer se pudesse tocá-lo (Mc 5:28). Essa mulher conseguiu extrair algo de Jesus, o que lhe deixou curioso em conhece-la entre a multidão (Mc 5:30, 32). A cura aconteceu instantaneamente porque naquele toque houve transfusão. De Jesus saiu virtude e dela saiu a enfermidade. Jesus literalmente tomou sobre si as dores e as enfermidades daquela mulher e lhe deu automaticamente uma paz que ela nunca experimentou, juntamente com uma salvação que o dinheiro jamais poderia comprar (Mc 5:34).
Esclareça para os alunos que a fé é fundamental para que um milagre aconteça (Hb 11.6). Mostre para eles que essa mulher reconheceu sua dificuldade. Ela sabia que não adiantava esconder o problema. Ela sabia que era preciso tomar uma atitude de fé. Faça os compreender que ela se ergueu, colocou em seu coração uma meta e não ficou buscando resolver seus problemas pelo poder humano. A fé vai além da ciência, mas é preciso determinação e perseverança. Ela encontrou uma multidão à sua frente, mas não permitiu que isso abalasse a sua convicção (Jr 29:13).


2. A cura do Corpo e da Alma

Durante doze anos essa mulher viveu de forma anônima porque além de ser vítima de uma enfermidade, ainda era vítima da sociedade. Ela era fisicamente doente e psicologicamente abatida. Mas aquele toque em especial lhe trouxe tanto a saúde quanto a autoestima.

2.1 Indo ao encontro de Jesus

Existem dias que são marcantes em nossas vidas. Eles sempre começam quando resolvemos romper as barreiras que nos cercam e acreditar que, em Cristo Jesus, nossas causas mais impossíveis podem ser realizadas. Foi exatamente o que fez essa mulher. Embora, Jesus tenha sido para essa mulher o último dos recursos, ela o sensibilizou de tal maneira que o Mestre procurava vê-la entre a multidão (Mc 5.32). A mulher planejava desaparecer no meio da multidão, mas Ele a deteve, tornando público o0 seu milagre. Ele não desejava ser para ela apenas um “curandeiro”, desejava ser também seu Salvador e amigo. Queria que contemplasse Seu rosto, sentisse Seu carinho e ouvisse Suas palavras de incentivo (Mc 5.33, 34).
Mostre para os alunos que essa mulher experimentou algo maior do que a cura física ao chegar diante de Jesus. O Senhor a chamou de “filha” e a enviou para casa com uma bênção de paz (Mc 5.34). A injunção: “Fica livre do teu mal” vai muito além da restauração do corpo. Jesus também lhe deu cura espiritual!

2.2 Sem fé é impossível agradar a Deus

Não são poucas as vezes que saímos para o culto sem determinação. É comum sairmos esperando que algo simplesmente aconteça, todavia, sem alvos específicos no coração. O milagre alcançado por essa mulher apresenta níveis espirituais em que vivemos e tudo se resume na maneira como saímos ao encontro de Jesus. Ela determinou em seu coração que se tocasse na orla de suas vestes seria curada e assim aconteceu. Essa mulher mexeu tanto com Jesus que a multidão foi esquecida e somente ela alcançou o milagre em meio a todas aquelas pessoas. Jesus a trouxe para o meio da multidão para mostrar a todos que é possível tocá-lo e ser milagrosamente transformado pelo Seu Poder (Jr 33.3; Mc 9.23).
Explique para os alunos que a fé é a chave para aporta dos milagres. Sem ela é impossível o céu se mover. Mostre para eles os benefícios alcançados por essa mulher tanto no corpo físico quanto na vida espiritual. Ressalte que, além de receber a cura imediata, essa mulher foi agraciada com o perdão de seus pecados e que esse é o maior milagre que uma pessoa pode receber na vida: a salvação de sua alma. Diga-lhes que os milagres de Cristo eram “lições práticas” com o propósito de ensinar ao povo espiritualmente cego o que Deus era capaz de fazer por eles se cressem em Seu Filho.

2.3 Tua fé te salvou

Entendemos claramente que a fé provocou o milagre na vida dessa mulher. No entanto, Jesus fez a questão de enfatizar que sua fé lhe proporcionou algo maior que uma cura. A sua fé lhe trouxe salvação (Mc 5.34). Precisamos entender que os milagres são essenciais, pois eles credenciam a pregação da Palavra de Deus, pois o Evangelho sem milagres é como um céu sem estrelas. Mas existe algo que devemos aprender acerca dos milagres. Embora eles sejam o cartão postal da pregação, eles atingem somente o corpo e não a alma, eles não salvam. É importante visualizarmos algo mais naquilo que Jesus revela a essa mulher. Porque é possível um morto ressuscitar e morrer sem salvação. Não existe dom mais precioso que a salvação (Ef 2.8, 9).
Pergunte para os alunos se eles conhecem que recebeu grandes milagres e hoje não está mais na presença do Senhor. Informe para eles que a geração que mais recebeu milagres de Deus não entrou na Terra Prometida. Mostre que os milagres são a porta de entrada para conhecermos a Deus, que são de suma importância e fundamentais para o fortalecimento da nossa fé, que podem nos levar a uma forte experiência com Deus. Contudo, ser salvo é o mais importante na vida cristã. Ensine par eles que devemos valorizá-la, lutar por ela e vigiar porque muitos se distanciaram dela e se perderam (Hb 2.3; 1Pe 1.9).


3. Lições práticas

A Bíblia nos diz que essa mulher, ao ser chamada por Jesus, se apresentou temendo e tremendo, prostrou-se diante dEle e lhe disse toda a verdade (Mc 5.33). Então, diante da grande multidão, Jesus revela o que sucedeu aquela mulher que o tocara de forma tão especial.

3.1 A perfeita combinação da graça

Essa mulher recebeu em apenas um toque a combinação mais perfeita da graça de Cristo nos oferece. Ela recebe a cura do corpo, a salvação da alma e a paz (Mt 5.34). Em meio à multidão que busca Jesus, poucos são aqueles que realmente conseguem extrair da pessoa de Cristo um significado tão importante para suas vidas como esse. É comum em nossos dias encontrarmos pessoas salvas e sem paz em nossos templos. Pode haver quem não concorde, mas o milagre não é nada sem a salvação e a verdadeira salvação em Cristo é aquela que produz paz nos corações (Rm 14.17).
Chame a atenção dos alunos para essas três coisas importantes extraídas de Cristo: a cura, a salvação e a paz. Diga-lhes que a salvação sem paz é apenas um estilo religioso, porque estar em paz é ter certeza de que nada nos falta, mesmo que materialmente ou fisicamente isso não se complete. Esclareça para eles que nada pode roubar a paz de um salvo. Enfatize que bens não produzem paz, nem milagres geram salvação. Mas esses três fatores podem se harmonizar e tornar-se uma realidade na vida daqueles que recebem a salvação.

3.2 Tocou nas vestes e saiu virtude

Segundo a Lei, se uma mulher imunda tocasse alguém nos dias em que estivesse sangrando, aquilo que tocasse também ficaria imundo. A situação da mulher quando perguntada se tocou em Jesus era delicada, por isso temeu muito. Ela estava tocando em um homem santo e quebrando uma regra da Lei diante de muitos (Lv 15.19). É preciso urgentemente compreender a grande mensagem deixada por Jesus. Ao tocarmos nEle pela fé, não importa quão sujos estamos ou quão pecadores somos, em vez de Ele se contaminar, nos é que ficamos limpos (2Co 4.6; 1Jo 3.3).
Explique para os alunos que, segundo os costumes da Lei, essa mulher jamais poderia ter tocado em Jesus, porque tudo o que uma mulher classificada como imunda tocasse seria considerado tão impuro quanto ela. Diga-lhes que, ao chamá-la, Jesus não a estava expondo, mas tirando de seus ombros o fardo pesado da religião, aliviando seu coração e mostrando-lhe que não há impureza que Ele não possa purificar.

3.3 O alivio da alma humana

O milagre ocorrido com essa mulher tem por finalidade ser figura do alívio que o Evangelho proporciona a alma humana (Mc 5.29). A experiência de muitas pessoas, que vivem com as consciências exaustas, tem sido precisamente semelhante àquela que teve a mulher após ser curada de sua enfermidade. Muitos têm passado anos a fio em tristeza, à procura da paz com Deus sem jamais tê-la encontrado. São indivíduos que vêm apelando para todos os recursos humanos possíveis, até que, finalmente, eles encontram alívio em Jesus (Mt 11.30).
Merece ser especialmente ressaltado para os alunos que um toque com verdadeira fé pode fazer mais pela alma do que uma centena de sacrifícios autoimpostos. Esclareça e comunique a eles a importância de compreender que a entrega de nós mesmos a Cristo é ao grande e único segredo da paz com Deus. Não se esqueça de enfatizar a importância da fé e da determinação como elementos indispensáveis para o alívio da alma.


Conclusão

Não foi permitido que aquela mulher voltasse para casa sem que primeiro a sua cura fosse manifesta a todos. Não podemos nos envergonhar de testemunhar de Cristo diante dos homens. Antes, devemos tornar conhecido de todos aquilo que Cristo tem feito em favor de nossas almas (Mc 5.33, 34).


Questionário

1. Qual o tipo de enfermidade que portava essa mulher?
R: um fluxo de sangue (Mc 5:25).
2. Há quanto tempo padecia dessa doença?
R: Há doze anos (Mc 5:25).
3. O que disse Jesus ao sentir-se tocado por essa mulher?
R: De mim saiu virtude (Lc 8:46).
4. Cite os três benefícios da graça recebidos por ela.
R: Ela recebeu a cura do corpo, a salvação da alma e a paz (Mt 5:34).
5. Qual a finalidade do milagre ocorrido com essa mulher?
R: O milagre tem por objetivo simbolizar o alívio que o Evangelho proporciona a alma humana (Mc 5:29).


Fontes Consultadas:

Bíblia Sagrada ARC/ARA/ACF/TB/BV/RV/NTLH
Sinais, Milagres e Livramentos do Novo Testamento (revista EBD professor) – Editora Betel – 3º Trimestre 2015 – Lição 02

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Colabore conosco: escreva seus pontos de vista, opiniões ou críticas. Contamos contigo neste trabalho